Crise humanitária na Nigéria: cristãos são perseguidos e descriminados

Crise humanitária na Nigéria: cristãos são perseguidos e descriminados

Cristãos enfrentam discriminação e não recebem ajuda do Estado: “Se não fosse pelo esforço das pessoas que amam a Deus, talvez estivéssemos mortos há muito tempo”, testemunha líder cristão Uma séria crise humanitária se instalou no norte da Nigéria. No final do ano passado, cerca de 2 milhões de nigerianos foram deslocados, a maioria por conta da insurgência islâmica do grupo extremista Boko Haram. As pessoas que vivem em Adamawa, Borno e Yobe sentiram ainda mais a violência. Os cristãos que vivem nessas regiões também foram afetados. Colaboradores da Portas Abertas relatam que ouviram muitos testemunhos de discriminação e situações em que a ajuda... Continue lendo

Comentários