Médicos são ameaçados de prisão por não transferir pacientes

Médicos são ameaçados de prisão por não transferir pacientes

07/10/2014 10:10 - Atualizado em 07/10/2014 14:24 Representantes da Defensoria Pública do Estado, acompanhados de policiais, ameaçaram dar voz de prisão na madrugada desta terça-feira (07), ao doutor Clériston Moura, do Hospital de Urgência de Teresina (HUT), por descumprimento de ordem judicial expedida pelo juiz Deoclécio Sousa, determinando a transferência de um paciente em estado grave para a UTI. Outro médico, do Hospital Getúlio Vargas, Mário Primo da Silva Filho, também teria sido ameaçado de prisão pelo mesmo motivo.Segundo o juiz Deoclécio Sousa, os mandados foram expedidos após a família de duas vítimas de acidentes automobilísticos no interior do... Continue lendo

Comentários